sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Candidato do PHS é fenômeno nas redes sociais



O candidato a vereador de São Luís, Nivaldo Júnior, vem se destacando em sua campanha nesses últimos 45 dias com visitas a comunidades, igrejas, associações de moradores e empresas.

Nas redes sociais, sem dúvida alguma, lidera o número de compartilhamentos, visualizações e curtidas, destacando-se em seu primeiro pleito. Os vídeos em sua fanpage abordam temas como: educação e ideologia, orçamento público e o papel do vereador.

Tem o apoio explícito do deputado federal pelo estado do Paraná, Diego Garcia, do seu mesmo partido.  É um homem do povo, preparado intelectualmente, militante da causa pró-vida e pró-família. Católico convicto, amante da Sagrada Escritura, defensor da Tradição e vive sempre o que o Magistério da Igreja ensina e defende.

Destaca-se no estado do Maranhão como um dos principais combatentes à ideologia de gênero, atuando nacionalmente em fóruns, debates e simpósios sobre o tema. Acredita que a política é um espaço de construção de uma sociedade melhor, pautada em valores evangélicos, visando o bem comum.

Sendo assim, Nivaldo Júnior (31500) é a melhor das opções para vereador da nossa cidade que surgiu nesta última década.


Segue as principais propostas de Nivaldo Júnior 31500.



"Não iremos nos intimidar diante dos atentados", diz Edivaldo


Depois do caos instalado em São Luís, com a onda de ataques criminosos incendiários contra ônibus e escolas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) informou nas redes sociais que esteve nesta sexta-feira, 30, reunido com o governador Flávio Dino (PCdoB), e a cúpula de Segurança Pública do Maranhão para discutir o assunto.

Veja o que disse o prefeito no facebook:

Estive reunido, nesta manhã, com o governador Flávio Dino e a cúpula de segurança do estado para discutir as ações de combate aos ataques criminosos ocorridos na cidade nos últimos dias.
Parte das ações registradas é uma reação ao trabalho que vem sendo feito nas unidades prisionais, como vistorias, apreensões de celulares e transferências de internos, considerados perigosos, para unidades federais. Causa estranheza, no entanto, que tantos ataques ocorram justamente em véspera de eleição.
Garanto que não iremos, de forma alguma, nos intimidar diante dos atentados aos equipamentos públicos que servem à população, e tampouco aceitar que criminosos perturbem a paz da nossa população. Estamos agindo de forma firme e dura e, junto com o Governo, adotando as medidas necessárias para garantir a ordem pública. 

Operação Pente Fino para conter facções criminosas em Pedrinhas


Depois dos violentos ataques criminosos a ônibus, escolas, agências bancárias e postos de saúde na noite de quinta e madrugada desta sexta-feira em São Luís, homens das forças de segurança pública no Maranhão foram encaminhados para as unidades prisionais do Complexo Penitenciário de Pedrinhas para identificar e desarticular líderes de facções criminosas que estejam envolvidos na onda de violência urbana. O principal objetivo é encontrar armas, drogas e celulares e desmontar as quadrilhas.

Até o momento, já foram registrados 10 ataques terroristas na capital maranhense, confirmados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, em São Luís. Felizmente não houve mortos e feridos nas ações criminosas que estão sendo perpetradas por membros de facções criminosas, inconformados com ações de repressão que estariam ocorrendo dentro das unidades prisionais de Pedrinhas.

Facções criminosas incendeiam São Luís e governo comunista bate cabeça

Criminosos atearam fogo em ônibus que circula na área do conjunto Pedra Caída, na área do Bequimão
Literalmente, podemos afirmar que a cidade de São Luís foi alvo de atentados terroristas, não muito diferentes daqueles que envolvem as ações do Estado Islâmico, em várias partes do mundo como Estados Unidos, França, Bélgica, Alemanha, entre outros. Isso porque um conglomerado de bandidos inescrupulosos resolveram ditar normas e impuseram seu poder do mal na noite de quinta-feira, 29, entrando pela madrugada desta sexta-feira, 30, em diversos pontos da capital maranhense.

Desta vez, os grupos criminosos, que agem seguindo ordens de lideranças do tráfico de drogas de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, escolheram como alvos terroristas não só os ônibus urbanos, mas também escolas da rede municipal de ensino, tendo sido queimadas salas da unidade Darcy Ribeiro, situada no bairro do Sacavém e da Unidade de Ensino Básico (UEB) Carlos Saad, na Vila Mauro Fecury I, Anjo da Guarda; ataques a uma agência do Banco do Brasil no São Cristóvão, onde as portas foram crivadas por balas, além de incursões violentas até mesmo em unidades e postos de saúde de São Luís.

Uma das salas da Unidade de Ensino Básico Darcy Ribeiro, no Sacavém, ficou completamente destruída
Enquanto isso, o Governo do Estado bate cabeça na área da Segurança Pública, tentando negociar com lideranças de facções criminosas para tentar amenizar a chama que queima e arde junto à população da cidade, que se encontra refém do aumento da violência urbana.

Ao todo foram 10 ataques terroristas em São Luís, com prejuízos incalculáveis ao patrimônio público e uma vasta exposição de motivos para serem debelados. Isso sem falar que estamos às vésperas de uma nova eleição que envolve 217 municípios maranhenses e onde ações criminosas também não ficam distantes da realidade da violência citadina da capital maranhense.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Ação partidária da PM é denunciada no município de Jenipapo dos Vieiras

Tenente Coronel Rosário Junior ( ao centro e de boné) estaria espalhando terror a adversários da prefeita
A representante da coligação "Juntos Venceremos", no município de Jenipapo dos Vieiras, Ionete Barros de Sousa, encaminhou oficio ao comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, Antônio Eriverton Nunes, solicitando a garantia constitucional da ordem pública na cidade e a imparcialidade na ação policial durante as eleições do dia 2 de outubro.

A representante Ionete Barros ressalta que os policiais enviados ao município estariam agindo com partidarismo político. "É fato público e notório, que alguns PMs realizam em seus horários de folga, serviço de segurança particular para candidatos, tornando-se verdadeiros cabos eleitorais partidários", denunciou.

No ofício, ela cita especialmente o PM Tenente Coronel Rosário Junior, escalado para coordenar o policiamento no município de Jenipapo dos Vieiras no dia das eleições. Segundo ela, o mesmo vem agindo como cabo eleitoral do grupo político adversário, tendo sido flagrado em diversos atos públicos, numa clara promoção da campanha adversária na cidade.

"É latente seu partidarismo, onde com muita facilidade se encontram inúmeros registros fotográficos do PM Tenente Coronel Rosário Junior com os familiares da candidata a prefeita de Jenipapo dos Vieiras, Abgail Cunha (PV), que é esposa do deputado estadual Rigo Teles", disse a representante da coligação Juntos Venceremos.

Fábio Câmara diz que Braide quer mudar a regra do jogo


O candidato a prefeito de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB/foto), criticou o cancelamento inesperado do debate na TV Difusora, afiliada do SBT no Maranhão, que deveria ter ocorrido na noite da última terça-feira, 27. O evento não aconteceu, por conta de ação judicial impetrada na Justiça Eleitoral pelo candidato Eduardo Braide (PMN), inconformado por não ter o seu nome na lista dos participantes do debate.

Para Fábio Câmara, querer mudar as regras do jogo com o campeonato já iniciado é pura apelação. "Já estamos é no final do primeiro tempo. As regras e o número de participantes para os três debates (TV Guará, TV Difusora e TV Mirante) foram definidas há mais de 15 dias. Por que o candidato Braide não buscou a Justiça logo no início?", declarou o candidato do PMDB.

Fábio Câmara destacou que ao suspender o debate via judicial, Braide ignorou o princípio da legalidade, para que seu nome fosse incluído na lista. "Quem atrapalha o seu direito de ouvir, merece algum direito de falar?", questionou o postulante do PMDB, lembrando que a Lei nº 9.504/1997, determina no seu artigo 46 que, somente aos partidos que possuam representação superior a nove deputados (na Câmara Federal), será asegurada a participação nos debates, sendo a participação dos demais partidos facultativa.

Edivaldo mantém liderança nas pesquisas na reta final de campanha

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) mantém liderança, seguido de Wellington do Curso (PP) e Eliziane Gama (PPS)
A mais nova pesquisa Ibope de intenções de votos deve esquentar o debate que irá ao ar nesta quinta-feira, 29, transmitido pela TV Mirante, após o penúltimo capítulo da novela Velho Chico da TV Globo. Na noite de ontem, 28, os dados apresentados revelam que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) possui um percentual de 38%, seguido dos demais candidatos Wellington do Curso (PP) com 28%, Eliziane Gama com 8%, Eduardo Braide com 5%, Fábio Câmara (PMDB) com 4%, Rose Sales (PMB) com 3%, Cláudia Durans (PSTU) com 2%, Valdeny Barros (PSOL) com 1% e Zeluis Lago (PPL) com 0%. Branco e Nulo (6%) e Não sabe ou Não responderam (5%).

O levantamento também mostra que, considerando apenas os votos válidos, os números são:

Edivaldo Holanda Júnior (42%)
Wellington do Curso (32%)
Eliziane Gama (9%)
Eduardo Braide (5%)
Rose Sales (4%)
Cláudia Durans (2%)
Valdeny Barros (1%)
Zeluis Lago (0%)

A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Mirante, sendo ouvidos 805 eleitores entre os dias 22 e 28 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% e o levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) sob o protocolo MA-05305/2016.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Eduardo Braide é taxado de laranjão


O candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Eduardo Braide (PMN/foto), vem sendo taxado de o mais novo "laranjão" da Ilha do também candidato a prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que busca a reeleição, no pleito do dia 2 de outubro deste ano. Isso porque Braide foi quem teria promovido uma ação judicial reivindicando sua participação no debate, que deveria ter ocorrido na terça-feira, 27, nas hostes da TV Difusora, afiliada do SBT, fato que cancelou o debate.

Ao ter sido obrigada a incluir mais um candidato no debate, a direção da emissora, que hoje é arrendada pelo deputado federal Weverton Rocha (PDT), abortou a missão e resolveu cancelar o debate que vinha sendo esperado com bastante expectativa por parte dos milhares de eleitores da capital maranhense.

Enquanto isso, resta apenas saber se irá ou não acontecer o debate da TV Mirante, que está marcado para quinta-feira, 29, com a participação dos candidatos cujo partido possui representatividade na Câmara Federal, como preconiza a organização da emissora.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Dino tenta salvar Curado e anuncia universidade da região tocantina

O governador Flávio Dino (PCdoB) apoia a candidatura da pedetista Rosângela Curado a prefeita de Imperatriz
Com a visível proposta de alavancar a candidatura de sua aliada Rosângela Curado (PDT), candidata a prefeita de Imperatriz, que se encontra na segunda colocação nas pesquisas de intenções de votos, o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou em caráter de urgência a criação da Universidade da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), às vésperas das eleições do dia 2 de outubro.

Até mesmo um projeto de lei já foi encaminhado pelo chefe comunista à Assembleia Legislativa, propondo a instalação da nova instituição superior de ensino no estado. A UEMASUL terá sede em Imperatriz, considerado o segundo maior colégio eleitoral maranhense.

Para dar ares de legalidade à matéria, o governador Flávio Dino, que aposta todas as fichas na pedetista Rosângela Curado, justifica o projeto como sendo parte de um sistema de regionalização do ensino superior no Maranhão. "A regionalização da universidade é mais um compromisso cumprido do nosso programa de governo e atende a uma antiga aspiração da região tocantina", disse Dino.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Eleitor de Coroatá desafia governador Flávio Dino

O cidadão Joelson Gonçalves Araújo (foto), natural do município de Coroatá, usou as redes sociais para criticar a postura do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), sobre a polêmica do asfalto que vem sendo colocado na cidade e que tem gerado um pé de briga entre a Prefeitura de Coroatá, gerenciada pela esposa do ex-deputado Ricardo Murad (PMDB), Teresa Murad, candidata à reeleição, e o governo estadual.

Na postagem abaixo, o cidadão "agradece" o governador comunista, mas ressalta que o asfalto foi obra deixada pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e do ex-deputado Murad. Para o bom entendedor o cidadão quer mostrar que a atual obra é eleitoreira, para beneficiar aliados políticos que comem na mesa do comandante do Palácio dos Leões em Coroatá, como o candidato a prefeito Luis da Amovelar Filho (PCdoB).



Veja abaixo o que diz Joelson Araújo:

Valeu Governador por estar colocando o asfalto que Roseana Sarney eRicardo Murad tinha deixado já no ponto de ser colocado em Coroatá e só agora você resolveu colocar.