Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Edivaldo pode voltar à Câmara Federal em 2018


Tem soado estranho observar a intensa campanha de exposição do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), nas redes sociais, ao lado do vice-prefeito, Júlio Pinheiro (PCdoB), fazendo arruaça com o lançamento do programa "Asfalto na Rua", sempre rodeado de secretários do governo Flávio Dino (PCdoB) e demais lideranças políticas.

O que chama atenção é que faz apenas 10 meses que Edivaldo foi reeleito para comandar o município por mais quatro anos e, portanto, não caberia tamanha exposição nas redes sociais, a menos que seja para divulgar obras e serviços. Fato que leva este blog a crer que o prefeito de São Luís deve deixar a cadeira do Palácio La Ravardière, para subir no palanque eleitoral do governador, que buscará a reeleição, sendo eventual e pretenso candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Posso até estar errado, mas o vice-prefeito Júlio Pinheiro começa a falar mais do que o próprio gestor pedetista na mídia. Talvez essa seja uma forte sinalização política que deve ser analisada. Basta ver que na reabertura dos trabalhos na Câmara Municipal de São Luís, quem lá esteve representando o Executivo Municipal foi o vice comunista.

Portanto, acredito que Edivaldo possa estar querendo voltar à Câmara Federal, dando até maior suporte de bancada num eventual segundo mandato do governador Flávio Dino.

Com a palavra o próprio prefeito!

Um comentário:

  1. Espero que ele não consiga se eleger a deputado, haja vista que como parlamentar foi inútil para o Maranhão, e como prefeito é sinônimo de desastre, provavelmente tem medo de ter o mesmo destino do ex-prefeito Tadeu Palácio que após deixar a prefeitura nunca mais conseguiu ser alçado a nenhum cargo público.

    ResponderExcluir