Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Roseana deve montar palanque para Sarney Filho para 2018


Já circula nos bastidores políticos que a candidatura do ministro de Meio Ambiente ao Senado, Sarney Filho (PV), estaria intrinsecamente ligada à montagem de palanque da candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), numa nova disputa ao Palácio dos Leões, em 2018.

Até o momento a ex-governadora ainda permanece muda, deixando apenas meras especulações e conjecturas políticas para blogueiros de plantão. No entanto, já é dada como certa uma candidatura da ex-mandatária do Maranhão.

Mesmo sem ter a certeza de palanque, Sarney Filho vem se articulando para fortalecer seu desempenho numa eventual disputa majoritária ao Senado, ao lado do senador Edison Lobão (PMDB), que garante que vai buscar uma reeleição por mais oito anos de mandato.

O senador João Alberto (PMDB) deve ficar de fora do baralho.

Escola de Música inaugurada por vereador quer descobrir jovens talentos

O vereador Cézar Bombeiro (PSD) em cerimônia de inauguração da Escola de Música Coronel Carlos Augusto Lopes
Ainda repercute em São Luís a iniciativa do líder do PSD na Câmara Municipal, vereador Cézar Bombeiro, que inaugurou na sexta-feira passada, 27, a Escola de Música Coronel Carlos Augusto, localizada  na Rua Corrêa de Araújo, nº 207,  no bairro da Liberdade.

Segundo o parlamentar, a inauguração da escola de música  foi uma iniciativa da própria comunidade, como forma de prestar uma importante homenagem ao militar falecido há poucos meses, que alimentava o sonho de fundar uma escola de música no bairro. 

"Sempre dentro das suas aspirações de realização, o coronel Carlos Augusto Castro Lopes exaltava os talentos existentes na Liberdade. Segundo ele, essas pessoas precisavam apenas de uma oportunidade para desencantar", declarou Cézar Bombeiro.

O vereador Cézar Bombeiro conversa com os jovens talentos que farão parte da Escola de Música Coronel Carlos Augusto
O coronel Carlos Augusto foi quem criou a Escola de Música Do-Ré-Mi, dentro da Policia Militar, para oferecer oportunidades de aprendizado a jovens e adolescentes de comunidades carentes, que tinham aspiração, mas eram carentes de oportunidades.

“Uma escola, qualquer que seja ela, criada com objetivos de formação profissional e cidadania, é um verdadeiro desafio, principalmente quando vem de sonhos para exercer um papel de transformação em uma comunidade. Esse é o grande compromisso da Escola de Música Coronel Carlos Augusto Castro Lopes, que nasce de uma luta comunitária, com a consciência de que a mudança vem com a educação para a formação de cidadania”, destacou Cézar Bombeiro.

Fotos de Paulo Caruá

Roberto Rocha alega não ter votado para salvar Aécio Neves, mas pelo Senado


O senador maranhense Roberto Rocha (PSDB) foi questionado pelo internauta Pablo Fidel, em sua página no Facebook, sobre por que o parlamentar votou para salvar o mandato do senador mineiro Aécio Neves (PSDB), acusado de ter pedido e recebido propina de R$ 2 milhões para os irmãos Wesley e Joesley Batista da JBS, alegando que era para sua defesa pessoal.

Em sua resposta, Rocha afirmou que não votou em nenhum momento para salvar a pele do colega de ninho tucano, mas sim para salvar a instituição e a imagem do Senado da República. 

"Pablo, não votei para salvar Aécio. De igual modo não votei para salvar Delcídio. Nestes dois casos não estava em discussão o juízo de valor da conduta do senador, mas do Senado".

Roberto Rocha, que é recém-filiado ao PSDB, é pré-candidato ao governo do Maranhão, em 2018.


Pareceres do TCE embasam julgamento de contas de ex-prefeitos na Câmara


Para quem imaginava que a Câmara de Vereadores iria empurrar com a barriga o tal julgamento das contas de ex-prefeitos de São Luís, enganou-se. Desde a última segunda-feira, 30, a Mesa Diretora da Casa já iniciou o processo de leitura dos pareceres técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre as prestações de contas dos ex-gestores.

Vale lembrar que as contas são pertinentes às gestões que vão desde Gardênia Ribeiro Gonçalves (1986-1989) passando pelo seu sucessor, o saudoso Jackson Lago, Conceição Andrade, Tadeu Palácio, o falecido João Castelo e o primeiro mandato do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior (2013-2016).

Nesta terça-feira, 31, o presidente do Legislativo municipal, Astro de Ogum (PR), espera receber os pareceres técnicos das comissões de Constituição e Justiça e de Orçamento e Finanças para dar andamento célere ao julgamento das contas dos prefeitos da capital maranhense que ao longo de mais de 30 anos ficaram sem receber o aval ou reprovação da Câmara.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

"Querem transformar o vandalismo à Rádio Capital num ato político", diz Honorato


O líder do PT na Câmara Municipal de São Luís, vereador Honorato Fernandes (foto), utilizou a tribuna da Casa nesta segunda-feira, 30, para repudiar não só o ato de vandalismo contra as torres de transmissão da Rádio Capital AM, mas também à tentativa de "parte da imprensa" em focalizar o caso como se o ato tivesse cunho político.

Aliado de primeira hora do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o parlamentar petista disse que estão tratando a questão como forma de criar embaraços ao governo comunista.

"Repudio qualquer ato de vandalismo e toda questão política que vem sendo transformado o caso. Faço esse registro porque tenho visto na imprensa uma certa covardia de quem quer envolver o governador Flávio Dino nesse episódio lamentável", frisou Honorato Fernandes.

Zé Reinaldo vai se virando nos 30 rumo ao Senado


A estrada político-eleitoral para o Senado em 2018 é longa e tortuosa. Pensando nisso, mesmo sem o apoio expresso do governador Flávio Dino (PCdoB), o deputado federal e ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) vai se virando nos 30, para alcançar seu objetivo.

Depois de obter o apoio incondicional do presidente da Federação das Associações dos Municípios do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, de buscar aliança com o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PR), e receber o aval do deputado federal Rubens Júnior (PCdoB), Zé Reinaldo vai trilhando caminhos novos e dando visibilidade à sua pré-campanha.

Ignorado pelo governador comunista, seu afilhado político, o socialista tem buscado vias alternativas para concorrer e angariar votos ao Senado, numa forma de se contrapor em pé de igualdade a eventuais candidatos da cozinha do Palácio dos Leões à Câmara Alta como Weverton Rocha (PDT) e Waldir Maranhão (sem partido).

"Vamos continuar seguindo em frente, levando nossa pré-candidatura e nossas propostas para todo o estado. Tenho muito amor pelo Maranhão e, no Senado, transformarei esse sentimento em ações concretas e que resultem em investimentos que beneficiem os municípios e suas populações", declarou o parlamentar em evento no fim de semana em São Mateus.

"Vivemos tempos sombrios no Maranhão", volta a alertar Roberto Rocha


Diante do episódio de derrubada das torres de transmissão da Rádio Capital AM (1.180 Khz), cujos culpados ainda não foram sequer identificados pela polícia, o senador Roberto Rocha (PSDB) voltou a reafirmar nas redes sociais que "vivemos tempos sombrios no Maranhão". O caso já é de conhecimento do ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Segundo ele, existe hoje no estado um  governo comunista que não tem projeto de governo, mas sim, de poder. "Governo que persegue qualquer um que se coloque contra a vontade do governador (Flávio Dino-PCdoB) ditador", declarou.

O senador também utilizou a mesma indignação nas redes sociais, para protestar contra a prisão do ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho, que ficou preso, na semana passada, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, por não ter pago pensão alimentícia.

"O povo maranhense está atento à essas barbaridades", ressalta o senador tucano que é pré-candidato à corrida sucessória ao Palácio dos Leões, em 2018.

Julgamento das contas de ex-prefeitos deve ocorrer nesta semana na Câmara


Os pareceres das contas de ex-prefeitos, que estão tramitando nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Orçamento e Finanças, devem ser encaminhados à Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís para julgamento em plenário.

A expectativa do presidente do Legislativo, Astro de Ogum (PR), é que todas as contas dos ex-gestores sejam julgadas ainda nesta semana, para não atrapalhar o andamento dos trabalhos de apreciação e votação do projeto orçamentário do município para o exercício de 2018.

Desde a semana passada, o presidente da Câmara vem alertando os membros das duas comissões técnicas para que os pareceres sejam apresentados em caráter de urgência.

É que existe uma pressão do Ministério Público Estadual (MPE) para que ainda neste ano as contas sejam julgadas pelo Legislativo Municipal. O presidente Astro garante que há também uma predisposição da Casa em julgar logo as contas dos ex-prefeitos Gardênia Ribeiro Gonçalves, do saudoso Jackson Lago, Conceição Andrade, Tadeu Palácio, do falecido João Castelo e o primeiro mandato do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). 

domingo, 29 de outubro de 2017

Lula abre mais de 20 pontos percentuais de Bolsonaro no Ibope


Pesquisa Ibope, divulgada neste domingo, 29, mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança nas intenções de votos com 35%. Seguido do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) com 13%. Marina Silva aparece na terceira colocação com apenas 8%.

Lula abre mais de 20 pontos percentuais de Bolsonaro na pesquisa estimulada. No levantamento espontâneo, Lula aparece com 26%, Bolsonaro 9% e Marina Silva apenas 2%.

A mesma tendência vem sendo apresentada pelo instituto Datafolha desde junho deste ano.

Ricardo Murad deve recorrer de decisão judicial que o tornou inelegível

O ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), ao lado da sua esposa, Tereza Murad
Ainda indignado com a decisão judicial da juíza Josane Araújo Farias Braga, da 8º Zona Eleitoral de Coroatá, que cassou os seus direitos políticos por oito anos e botou uma pá de cal em sua pré-candidatura ao governo do Maranhão, em 2018, Ricardo Murad deve recorrer em instâncias superiores.

Vale lembrar que a decisão da juíza ocorreu na segunda-feira passada, 23, três dias após o ex-secretário estadual de Saúde deixar as hotes do PMDB e se filiar no PRP, lançando uma Carta aos Maranhenses, onde deixou evidentes pistas de que pretende sair candidato ao Palácio dos Leões.

No entanto, a decisão da juíza Josane Braga diz respeito às eleições municipais de 2012, valendo a sentença até 2020. Murad foi condenado por ter em 2012, na condição de secretário estadual de Saúde, ter favorecido sua esposa, Tereza Murad, na época candidata à Prefeitura de Coroatá, que venceu o pleito.

Astro de Ogum vem sendo cobiçado por Zé Reinaldo


Tem repercutido bastante na imprensa a possibilidade de apoio do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), à pré-candidatura do deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB) ao Senado, nas eleições de 2018.

Até o momento, o chefe do Legislativo Municipal ainda não deu declarações públicas de que vai mesmo apoiar o ex-governador do Maranhão, mas tudo indica que no decorrer desta semana, Astro de Ogum deve utilizar os microfones da Casa para prestar solidariedade política a Zé Reinaldo.

Para o presidente Astro, não há nada que o impeça de declarar apoio ao deputado.

É bom aguardar!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Vereador inaugura nesta sexta escola de música Coronel Carlos Augusto Castro Lopes


O vereador Cézar Bombeiro (PSD) teve um importante encontro com o professor João Pedro Borges (foto), violonista clássico maranhense que está entre os melhores do Brasil, e que já realizou importantes concertos não apenas no Brasil, mas no exterior, com várias apresentações  na França.

O encontro vai marcar nesta sexta-feira, a inauguração da Escola de Música Cel. Carlos Augusto Castro Lopes, às 18 horas, na rua Corrêa de Araújo, 217, no bairro da Liberdade.

O professor João Pedro Borges, também conhecido como “Sinhô”, tem uma larga experiência no ensino de música, tendo criado vários métodos de motivação e facilitação do aprendizado para crianças e jovens. Ele disse a Cézar Bombeiro, que uma das suas maiores alegrias é quando sabe que são criadas escolas de músicas.

Colocou-se à disposição do vereador e da comunidade do bairro da Liberdade para contribuir com a escola, que abre as portas do conhecimento da música para muita gente pobre e jovem, que ao mesmo tempo  irão ter oportunidade de se tornarem cidadãos.

Destacou que se todo político tivesse sensibilidade para a educação e formação de cidadania, a realidade ludovicense, maranhense e brasileira seria totalmente diferente, daí a sua iniciativa de colaborar com a Escola de Música Coronel Carlos Augusto Castro Lopes.

O vereador Cézar Bombeiro ficou bastante gratificado  pela disponibilidade do professor João Pedro Borges, em se tratando de um violonista clássico de renome internacional , mas de uma sensibilidade e visão social muito ampla dentro do contexto da educação, que é o caminho natural, de quando se pretende realmente promover mudanças, que vêm de dentro da consciência critica das pessoas  das comunidades, afirmou o vereador.

Grupo Sarney pode implodir pré-candidatura de Murad ao governo


A provável pré-candidatura do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), ao governo do Maranhão, em 2018, está dando tanto o que falar, que até mesmo nas hostes do grupo Sarney o assunto tem sido tratado de forma delicada, como se estivessem pisando em ovos.

A questão é que o nome de Ricardo Murad é muito forte no cenário político-eleitoral e pode, no decorrer da pré-campanha, ofuscar o brilho e o nome de uma eventual candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), na disputa pela volta, pela quinta vez consecutiva, ao Palácio dos Leões, contra a brigadista comunista do governador Flávio Dino (PCdoB).

Depois que foi lançada à Carta aos Maranhenses, a ex-governadora Roseana Sarney preferiu não tecer comentários contra e nem a favor. Porém, o silêncio diz tudo.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Pavão Filho solicita reforma do terminal rodoviário de São Luís


A Câmara Municipal de São Luís está encaminhando ao governador Flávio Dino (PCdoB) indicação do vereador Pavão Filho (PDT/foto), na qual solicita ao poder Executivo estadual a reforma do Terminal Rodoviário de São Luís, em regime de urgência, em virtude da estrutura que está precária e inadequada para atender a demanda de usuários, que diuturnamente precisam dos serviços oferecidos no local.

Segundo o autor da indicação, o Terminal Rodoviário de São Luís, é uma das principais portas de entrada da cidade, sendo um importante ponto turístico, que merece atenção especial, objetivando fortalecer a cadeia produtiva do turismo, através dos transportes e serviços prestados pelos comerciantes da Rodoviária, o que torna  um ganho para a inserção da oferta turística regional.


O pleito de Pavão Filho solicita ainda serviços de reparos nos banheiros do Terminal, melhoria nos estacionamentos, sinalização, criação de ponto de atendimento turístico, implantação de posto de atendimento médico dentre outros.

Pavão chama também a atenção para fato das rodovias possuírem grande influência, além de necessárias para diversas atividades e desenvolvimento econômico nas regiões brasileiras, podendo contribuir para a infraestrutura, turismo, crescimento e movimentação econômico-financeiro, aumentando também índices de empregabilidade para a região.

O Mural da Vergonha maranhense nas redes sociais



Insatisfeitos com a ridícula votação da bancada federal maranhense na Câmara dos Deputados, em Brasília, a população tem se manifestado duramente nas redes sociais, revelando a cara dos nossos parlamentares que livraram a pele do presidente Michel Temer (PMDB), acusado pela Procuradoria Geral da República (PGR) de corrupção e formação de quadrilha.

Depois da zanga de Roseana, Ricardo já fala em disputar o Senado


Depois de ter escrito uma "Carta aos Maranhenses", que deu o que falar e causou até ciumeira nas hostes do próprio grupo Sarney, o ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), garante que vai mesmo disputar um cargo majoritário, nas eleições de 2018, mas já fala que pode se aventurar numa das duas vagas ao Senado da República.

Vale lembrar que o grupo Sarney sinaliza com dois nomes que vem sendo dados com certos para concorrer ao próximo pleito. Um deles é o do ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), e o outro, do senador Edison Lobão (PMDB), que afirma que irá disputar a reeleição custe o que custar e doa a quem doer.

Caso concorra ao Senado, Ricardo Murad vai acabar "puxando o tapete" de um dos dois medalhões da política no Maranhão.

Se por outra via, Ricardo Murad resolver, de fato, disputar o comando do Palácio dos Leões, ele pode atrapalhar os planos de sua cunhada, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), no projeto-mor de retornar ao governo do Maranhão contra a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

De qualquer jeito, Ricardo Murad incomoda em seu próprio grupo político.

Parte da bancada maranhense come no mesmo prato sujo de Michel Temer


Para quem pensava que a bancada federal do Maranhão iria se intimidar com repulsivo apoio popular ao presidente Michel Temer (PMDB), perante a série de denúncias de corrupção e formação de quadrilha, e votar pelo prosseguimento da segunda denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) no Supremo Tribunal Federal (STF), enganou-se.

O que se viu no plenário da Câmara dos Deputados, na noite da última quarta-feira, 25, não foi muito diferente da votação da primeira denúncia. Uma bancada submissa e envolta no lamaçal de corrupção, ávida para livrar o presidente da degola e de boca aberta por mais recursos de emendas.

Do total de 18 parlamentares da bancada maranhense, apenas seis deputados votaram contra o relatório que inocentava Temer, 11 votaram pelo arquivamento das denúncias da PGR e uma ausência de deputada Luana Costa.

Veja abaixo o quadro de votação da bancada maranhense

01. Waldir Maranhão (Avante)- Não
02. Julião Amin (PDT)- Não
03. Weverton Rocha (PDT)- Não
04. Junior Marreca (PEN)- Sim
05. Hildo Rocha (PMD)- Sim
06. João Marcelo Souza (PMDB)- Sim
07. Aluisio Mendes (Podemos)- Sim
08. André Fufuca (PP)- Sim
09. Eliziane Gama (PPS)- Não
10. Cleber Verde (PRB)- Sim
11. José Reinaldo Tavares (PSB)- Sim
12. Luana Costa (PSB)- Ausente
13. Victor Mendes (PSD)- Sim
14. Zé Carlos (PT)- Não
15. Pedro Fernandes (PTB)- Sim
16. Sarney Filho (PV)- Sim
17. Juscelino Filho (Democratas)- Sim
18. Rubens Pereira Junior (PCdoB)- Não

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Aécio Neves agradece a João Alberto arquivamento de denúncia do PT


Tudo tranquilo e favorável! Assim foi a reação do senador mineiro Aécio Neves (PSDB) ao saber que o presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA), resolveu arquivar, na terça-feira, 24, a representação do PT que pedia a cassação do parlamentar tucano.

Com base nas delações de executivos do grupo J&F, que controla a JBS, o PT havia pedido ao Conselho que abrisse um processo contra Aécio. Mas, segundo a assessoria de João Alberto, o presidente do Conselho de Ética consultou a Advocacia Geral do Senado, que recomendou o arquivamento do pedido do PT.

A assessoria do presidente acrescentou, ainda, que cabe recurso da decisão ao plenário do Conselho. Procurada, a assessoria de Aécio divulgou a seguinte nota: 

"A defesa do senador Aécio Neves reitera a absoluta correção de sua conduta. As investigações demonstrarão que os recursos citados referem-se a um empréstimo entre privados que não envolveu dinheiro público ou qualquer contrapartida. Portanto, não houve crime ou quebra de decoro."

O presidente do Conselho de Ética defendeu a decisão, afirmando estar em posição de "juiz", que é não ser aplaudido por todas as decisões. "Sou, neste momento, juiz, escolhidos pelos senadores, para o Conselho de Ética. E, como presidente do Conselho de Ética, às vezes sou aplaudido por algumas decisões e às vezes não aplaudido", disse.

Do blog com informações do G1

"Sem comentários", ignora Roseana a pré-candidatura de Ricardo Murad


A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) parece mesmo não ter gostado nenhum pouco das últimas atitudes políticas tomadas pelo cunhado e ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), que lançou uma "Carta aos Maranhenses" ensaiando vir a disputar a corrida sucessória ao governo do Maranhão, em 2018.

Procurado pelo blog do jornalista Marco D´Eça para comentar o assunto, a ex-governadora foi simplesmente curta e grossa. "Sem comentários", numa clara demonstração de que não gostou nenhum um pouco do que leu na Carta, assinada de próprio punho por Ricardo Murad. Se é que leu!

Nos bastidores a certeza é de que Roseana quer ser a única do grupo Sarney a disputar o pleito contra seu arqui-rival político, o governador Flávio Dino (PCdoB), que vai em busca da reeleição no comando do Palácio dos Leões.

O bicho pegou!

PROS pede para o vereador Beto Castro sair de fininho do partido


O presidente do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) no Maranhão, o ex-deputado e ex-ministro Gastão Vieira, já deu um ultimato ao vereador Beto Castro (foto), para que o parlamentar possa pedir para sair da legenda de fininho. 

O clima insustentável nas hostes do partido seu deu depois que Beto Castro aparece em um vídeo prometendo conseguir um quantitativo de 20 mil votos ao pré-candidato a deputado federal Júnior Lourenço (PR).

A gravação gerou indignação na presidência do PROS, tendo o ex-deputado Gastão Vieira lamentado o episódio e afirmado que não há mais clima para que o vereador possa continuar na sigla.

"Não há condições dele (Beto Castro) permanecer no partido. Ele nem conversou comigo e promete 20 mil votos para alguém que não é do PROS. Vou convidá-lo a deixar o partido, entregarei a ele a carta de anuência”, disse Gastão Vieira, que é pré-candidato a deputado federal.

Por que o lançamento da pré-candidatura Roseana ficou por último?


Depois do pré-lançamento das candidaturas da ex-prefeita e ex-deputada Maura Jorge (Podemos) e do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), a expectativa no cenário político eleitoral se volta para o lançamento da pré-candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), que pela quinta vez consecutiva, deve disputar a corrida sucessória ao Palácio dos Leões, em 2018.

Mas uma pergunta que não quer calar: Por que o grupo Sarney deixou a pré-candidatura Roseana para o grand finali. Talvez porque desejem criar um ambiente favorável e um impacto maior na imprensa e nas redes sociais, para gerar volume eleitoral no Maranhão.

Ou talvez porque preferiram observar o termômetro das outras duas vertentes do grupo na aceitação popular, como se as duas pré-candidaturas já lançadas fossem uma espécie de "boi de piranha" nas intenções de votos.

Apesar disso, é dada como certa a volta de Roseana na disputa política majoritária, numa nova tentativa de reaver o quinhão tomado nas urnas pelo governador Flávio Dino (PCdoB), nas eleições de 2014.

Continuaremos acompanhando!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Parlamentar apoiou lutador maranhense que venceu evento mundial de MMA


O vereador Cézar Bombeiro (PSD) foi um dos que apoiou o lutador Taigro “Urso Branco” Costa, maranhense que na noite do último sábado, 21, conquistou mais um título em sua carreira de lutador de artes marciais, no Absolute Championship Berkut. 

Em sua 73ª edição, o evento, maior do gênero na Europa, foi realizado pela primeira vez no Brasil, no Centro Esportivo Miecimo da Silva, no Rio de Janeiro.

Além de Cézar Bombeiro, deram apoio a Taigro “Urso Branco” Costa o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais do Maranhão (Sintsep), Cleinaldo Bil Lopes. 

O vereador e o sindicalista são irmãos e naturais de Viana, assim como o lutador. Dispostos a ajudá-lo a obter bons resultados no esporte, juntaram-se a outros vianenses para contribuir com o sucesso da carreira do conterrâneo.

“É mais uma maranhense que desponta no esporte lá fora e para nós tem um sentido ainda mais especial, pois ele é natural da nossa amada Viana, terra onde também nascemos e da qual nunca nos desvincularemos”, declarou Cézar Bombeiro.

Vencedor


Taigro (foto), que é vencedor do Wocs e vem de oito vitórias consecutivas, disputará o card de até 61 kg contra Valdines Silva. Além dele, participam do ACB os companheiros de equipe e também maranhenses, Antonio Carlos “Buiu” e João “Pânico” Carvalho. Taigro e João contam com o apoio da Clínica RS e da farmácia de manipulação Pharmapele São Luís.

Nascido em Viana, interior do Maranhão, Taigro tem se destacado no cenário nacional de lutas marciais, sendo referência na capital, São Luís. O maranhense faz parte do time de atletas da academia Tata Fight Team, uma das maiores do Brasil do MMA, localizada no Rio de Janeiro.

Roseana não engole pré-candidatura de Ricardo ao governo


Já corre nos bastidores políticos que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) não gostou nenhum pouco das últimas articulações políticas do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), que agora passa a ser mais um pré-candidato ao governo do Maranhão, nas eleições de outubro de 2018.

O problema seria gerar um racha muito grande no grupo Sarney e pulverizar ainda mais votos e acima de tudo, criar um clima de instabilidade que em nada contribuiria para enfrentar nas urnas o governador Flávio Dino (PCdoB), que viria com gosto de gás, com a máquina pública na mão e empunhando a foice o martelo comunista no próximo pleito.

Uma fonte informou a este blog que o entendimento da ex-governadora Roseana é que o grupo Sarney tem que se manter unido, com um foco definido para encarar uma nova disputa ao Palácio dos Leões, ou adeus ao projeto de retomar o comando do estado.

A guerra está só começando!

Carta de Ricardo Murad sinaliza para candidatura ao governo do Maranhão


Quem lê e observa as entrelinhas da "Carta aos Maranhenses", assinada pelo ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP), divulgada pela imprensa, percebe logo de cara que o nobre e astuto ex-gestor lança todos os argumentos factíveis para se lançar a uma pré-candidatura de oposição ao governo do Maranhão, nas eleições de 2018.

"Nesse último ano, meditei muito, me dediquei integralmente aos estudos para definir um programa de como deveria ser um governo para o Maranhão. Um governo de resultados, que em 4 anos fosse capaz de fazer todos sentirem quea vida melhorou. O presidente Juscelino fez um governo assim, prometeu que faria 40 anos em 4 e fez. E o Brasil mudou".

Logo no trecho seguinte da Carta, Ricardo Murad cita o governo Sarney e critica a postura do governador Flávio Dino (PCdoB). "Sarney fez o mesmo no Maranhão em 1965. Em 4 anos tirou o Maranhão das trevas. O governo comunista, ao invés das falsas promessas e da expectativa criada junto dos eleitores, fracassou fragorosamente"...

Em outro momento da publicação, Ricardo Murad declarou que precisou ficar um pouco distante da política, nos últimos anos, para se convencer do que é preciso para reerguer o Maranhão.

"...Por isso precisava desse tempo, longe do dia dia da política, para me convencer do que precisa ser feito para reerguer o Maranhão, para mudar o nosso destino, para alcançar a grandeza que tanto nosso povo almeja".

Veja abaixo a íntegra da Carta



Márcio Jardim agora vai grudar na barba rala de Lula para 2018


Depois de ter sido defenestrado, pela porta dos fundos da Secretaria de Estado de Desporto e Lazer (Sedel), o professor de História, Márcio Jardim (foto), já se prepara para encarar a segunda etapa da pré-campanha eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela região Sudoeste do país, iniciando a série de visitas pelo estado de Minas Gerais.

Vale lembrar que a primeira etapa da série de visitas de Lula pela região Nordeste teve início no estado da Bahia, sendo encerrada no Maranhão, com direito a palanque montado em frente ao Palácio dos Leões com o apoio das hostes comunistas.

Márcio Jardim quer se concentrar agora em fortalecer a brigada petista nacional em favor de Lula e também vem defendendo que o partido possa lançar uma candidatura própria ao Senado no Maranhão, para enfrentar as urnas em 2018.

Jardim não deve negar apoio à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), mas tem demonstrado, em conversas nos bastidores, que não engole ter sido tirado da Sedel para abrigar um aliado do PP, com as bênçãos do deputado federal André Fufuca e o gracejo nada ortodoxo do deputado federal Weverton Rocha (PDT).

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Ricardo Murad pode atropelar candidatura de Roseana ao governo


O ex-deputado e ex-secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad, novo filiado ao Partido Republicano Progressista (PRP), pode atrapalhar os planos da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) para 2018, caso decida concorrer a uma disputa majoritária ao Palácio dos Leões.

Como Murad ainda não definiu qual cargo irá concorrer, aumenta a especulação nos bastidores políticos. De partido novo e já com novo slogan de pré-campanha (?), o ex-deputado pode passar por cima de muita gente.


Para enfrentar eventual disputa, Ricardo Murad garante: "...para reerguer o Maranhão, para mudar o nosso destino, para matar a fome por grandeza que tanto nosso povo deseja".

Caso Murad decida concorrer a uma das duas vagas ao Senado, pode colocar por terra os planos do ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), e dos senadores Edison Lobão (PMDB) e João Alberto (PMDB), que devem tentar a reeleição.

Como se observa vem bomba por aí!

Waldir Maranhão conclama prefeitos a esmolar por verbas para a saúde


Aproveitando a discussão política do momento sobre a retirada de R$ 160 milhões de emendas impositivas, por parte dos senadores da bancada maranhense para a área da saúde, o deputado federal Waldir Maranhão (Avante), pré-candidato ao Senado, em 2018, aproveitou para tripudiar e conclamar os prefeitos a ir à Brasília de pires nas mãos.

"Precisamos da luta dos prefeitos por mais recursos para a saúde dos seus municípios, mas infelizmente os senadores do Maranhão não pensaram na saúde do nosso povo. É lamentável que por questões políticas e partidárias, o nosso estado possa ficar sem 160 milhões de reais de emendas que seriam aplicadas no setor", criticou o parlamentar.

As declarações ásperas do deputado foram direcionadas aos senadores Edison Lobão, João Alberto (ambos do PMDB) e Roberto Rocha (PSDB).

Contas de ex-prefeitos de São Luís já estão na Comissão de Orçamento


O segundo-vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Francisco Carvalho (PSL/foto), informou na sessão desta segunda-feira, 23, que todos os pareceres do Tribunal de Contas do Estado (TCE), referentes às contas dos ex-prefeitos da capital, já foram encaminhados para análise dos membros da Comissão de Orçamento e Finanças.

É que a Mesa Diretora da Casa pretende, até antes do recesso de fim de ano, julgar as contas dos ex-gestores, que vão desde as administrações de Gardênia Ribeiro Gonçalves, do saudoso Jackson Lago, passando por Conceição Andrade, Tadeu Palácio, do também saudoso João Castelo e da primeira gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A cobrança para urgência no julgamento das contas dos ex-prefeitos vem sendo alvo do Ministério Público Estadual (MPE), além de ser uma prerrogativa da Câmara Municipal.

PMDB deve dar tratamento desigual, se comparar eleições de 2014 e 2018


O PMDB do Maranhão já se prepara para investir pesado na eventual candidatura da ex-governadora Roseana Sarney, pela quinta vez consecutiva, ao governo do estado, nas eleições gerais de outubro de 2018.

Se no pleito de 2014, quando foi candidato ao Palácio dos Leões o suplente de senador e empresário Edison Lobão Filho (Edinho Lobão), o PMDB esteve apático, afastado e sem qualquer empenho em eleger seu postulante, a palavra de ordem do momento é jogar pesado na volta de Roseana ao Palácio dos Leões.

Vale ressaltar que na última eleição ao governo, quando Flávio Dino (PCdoB) foi eleito, a ex-governadora foi bastante criticada por não ter movido uma palha para apoiar o candidato do seu próprio partido. Na época, Roseana apostava na candidatura do atual prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva, que não decolou nas pesquisas de intenções de voto.

No entanto, passados três anos, a ex-mandatária do Maranhão já sinaliza para o grupo do senador Edison Lobão (PMDB) para garantir total apoio eleitoral.

Até o momento, o senador Edison Lobão tem apenas afirmado que pretende disputar a reeleição ao Senado, custe o que custar e doa a quem doer.

domingo, 22 de outubro de 2017

"A oligarquia já vive a ansiedade eleitoral de 2018", diz Dino


Em recente artigo nas redes sociais (26/07/2017), o governador Flávio Dino (PCdoB) demonstra que vai mesmo utilizar todo seu poderio no comando do Palácio Leões para impedir que o grupo Sarney retorne ao governo do Maranhão, o que segundo ele, é uma clara tentativa de "reaver privilégios perdidos".

O texto raivoso e cheio de marra, marca muito bem como será a postura comunista no front de batalha para enfrentar seu principal adversário político, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), que vai em busca de seu quinto mandato eleitoral no Executivo estadual, em 2018.

Declarações do ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB) deixam bem evidentes que o principal rival de Dino nessa nova disputa, não são os outros candidatos, mas o próprio ex-presidente José Sarney (PMDB), que atua nos bastidores e joga sempre bem pesado quando o assunto é o jogo eleitoral pelo Poder. 

Veja abaixo as declarações de Dino:

Claro que um oligarca não considera importante que, em 2 anos, tenhamos construído ou reconstruído mais escolas do que em décadas.
Claro que um oligarca sente saudades do passado em que havia espaço para ele se tornar sócio de “investidores” em tenebrosas transações.
Claro que um oligarca não aceita não poder mais usar helicópteros do Estado para passeios à sua ilha privada.
Lamento que o oligarca não evolua e, diariamente, mobilize seu império midiático para deturpar, agredir, perseguir. E esconda a mão.
Oligarquia já vive a ansiedade eleitoral. Batalha em que tentarão reaver seus privilégios perdidos, suas fontes de riqueza e poder.
Da minha parte, que fiquem ansiosos. Meu foco é governar, fazer o bem, cuidar das nossas 800 obras, fazer muita política social para todos.
Flávio Dino – Excelentíssimo Governador do Estado do Maranhão
CurtirMostrar 

sábado, 21 de outubro de 2017

Não convide para sentar na mesma mesa Marcio Jardim e Weverton Rocha


Anda circulando nos bastidores políticos que a demissão do então secretário de estado de Esporte e Lazer (Sedel), Marcio Jardim, teria sido fruto de algumas interferências do deputado federal Weverton Rocha (PDT) nas hostes do Palácio dos Leões.

O clima entre os dois não está nada agradável, tanto que Márcio Jardim já defende, publicamente, que o Partido dos Trabalhadores (PT) possa sair com uma candidatura majoritária ao Senado, em 2018.

Para Márcio Jardim é mais viável o PT sair com uma candidatura própria do que apoiar outros nomes que não somam em nada para o crescimento da legenda petista no Maranhão.

Márcio Jardim acredita que apoiar uma candidatura ao Senado de Weverton Rocha, seria o mesmo que apoiar uma eventual candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República e não uma candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, o que deixaria o PT vulnerável à investidas do grupo Sarney.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Roseana Sarney está mesmo disposta a ter o PT a seu lado em 2018


Ao que tudo indica, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) não irá descansar enquanto não trouxer para perto de si uma ala do Partido dos Trabalhadores (PT), para eventual composição de chapa a vice, numa nova edição eleitoral que visa retomar o comando do Palácio dos Leões, em 2018, contra a trincheira comunista liderada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), que buscará a reeleição.

Em recentes declarações, atestadas pelo blog do Robert Lobato, a ex-governadora já teria dado o sinal verde para que integrantes do PT, que não são da cozinha e nem comem nas panelas comunista de Dino, possam marchar com ela em mais uma empreitada ao governo do Maranhão, pela quinta vez consecutiva.

"Quero deixar bem claro que se o PT vier comigo na eleição do ano que vem, garanto a vaga de vice para vocês, na minha chapa. Podem ter certeza", teria declarado a ex-governadora, deixando bem claro a certeza de que sairá candidata ao pleito do próximo ano contra a máquina comunista da foice e do martelo.

Roseana garante que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pretenso candidato à Presidência da República, terá papel fundamental nesse processo de negociação político-partidária no estado, ao lado do seu pai, o ex-presidente e ex-senador da República, José Sarney (PMDB).

O caldo vai esquentar!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Saída de Aécio Neves da presidência do PSDB fortalece Roberto Rocha


O quase certo desligamento total do senador mineiro Aécio Neves da presidência do PSDB pode gerar bons ventos e frutos políticos para o senador maranhense Roberto Rocha, recém-filiado ao ninho tucano.

Isso porque Rocha retornou às hostes tucanas com o aval do atual presidente interino da legenda, senador Tasso Jereissati (CE), e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e também do ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, que responde como presidente de honra do PSDB.

A saída de Aécio da presidência, só tende a fortalecer o nome do senador Roberto Rocha para garantir a direção do partido no estado e abrir caminho para sua pré-candidatura ao governo do Maranhão, em 2018.

Senado pode discutir a regulamentação do Uber na próxima semana


Já existe a possibilidade de na próxima terça-feira, 24, o Senado da República colocar em votação um requerimento para apreciar, em caráter de urgência, o projeto de lei que trata da regulamentação do transporte de passageiros por meio de aplicativos como o Uber. A proposta é alvo de polêmicas e divide a opinião das empresas do setor e a ira de taxistas, que alegam concorrência desleal.

Em São Luís, há um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal e que visa a regulamentação da proposta, de iniciativa do vereador Paulo Victor (PROS). A matéria aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e da Comissão de Mobilidade Urbana para ser discutida e votada em plenário.

Caso o projeto seja votado pelo Senado, a regulamentação dependerá apenas da sanção do presidente Michel Temer (PMDB) e, portanto, caberá a Câmara de Vereadores de São Luís apreciar a matéria para regulamentar o serviço de transporte do Uber na capital maranhense.

Lobão silencia sobre nota da Época, mas permanece na disputa ao Senado


O senador Edison Lobão (PMDB) tem dado declarações convincentes à imprensa de que vai mesmo concorrer à reeleição ao Senado da República, em 2018, custe o que custar e doa a quem doer. O parlamentar admite que nem passa em sua cabeça deixar de disputar o pleito do ano que vem.

No decorrer desta semana, uma polêmica nota na coluna Expresso, da revista Época, tentou jogar por terra a reeleição de Lobão e ainda criar um clima hostil entre o senador e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Publicação, assinada pelo jornalista Murilo Ramos, relata que..."A relação entre a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, e o senador Edison Lobão está péssima. Ela não quer Lobão como candidato do PMDB ao Senado. Acha que atrapalhará seus planos de voltar ao comando do governo do estado".

Até o momento, o senador Edison Lobão ainda não se manifestou publicamente sobre o assunto. Já a ex-governadora Roseana garante que tudo não passa de futricas implantadas pelo colunista. "A nossa relação nunca foi tão boa como agora", declarou.

É bom respirar bem fundo!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Roseana vai esperar maré braba contra Temer acalmar para lançar candidatura triunfal de volta ao Palácio dos Leões


Já circula nos bastidores políticos de plantão que até o mês vindouro a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) anunciará, oficialmente, que sairá candidata, pela quinta vez consecutiva, ao governo do Maranhão, numa disputa poderosa contra seu arqui-rival, o governador Flávio Dino (PCdoB), nas eleições de outubro de 2018.

O analista político da TV Difusora, amigo e blogueiro, Jonh Cutrim, tem batido nessa tecla e segundo ele, em recentes conversas com um nobre deputado (?) da base do grupo Sarney, ouviu dizer que Roseana vem aí e deve anunciar sua investida ao Palácio dos Leões, em novembro.

“Ela (Roseana) me disse pessoalmente que aguarda o desfecho das denúncias em relação ao presidente Michel Temer. Quando tudo acalmar, ela fará o anúncio de que será candidata mais uma vez para enfrentar o atual governador Flávio Dino. A previsão que ela dá é pra novembro”, revelou o parlamentar.

Vale aguardar!