Banner da Prefeitura de São Luís

Banner da Prefeitura de São Luís

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Chico Carvalho irá abraçar candidatura Bolsonaro no Maranhão


O vice-presidente nacional e presidente regional do PSL no Maranhão, Chico Carvalho, nem bem se recuperou de uma cirurgia coronariana a que foi submetido, na semana passada, e ao sair do leito hospitalar terá a difícil missão de comandar a candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro à Presidência da República para as eleições de outubro deste ano.

É que o polêmico parlamentar, apelidado de Bolsomito, desistiu de se filiar ao Patriota [antigo Partido Ecológico Nacional-PEN] para se juntar às hostes do Partido Social Liberal (PSL). O anúncio foi feito na noite da sexta-feira passada, 5, com o aval de Luciano Bivar, presidente nacional da sigla.

O deputado federal Jair Bolsonaro (RJ) abraçado com o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar
A entrada nos quadros do PSL levou uma ala do partido, intitulada de Livres, a declarar que deixará a legenda, por não concordar com as propostas radicais alardeadas por Bolsonaro. 

Por meio de nota, o movimento afirmou: "A chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa".

Chico Carvalho, que também é vereador de São Luís, prefere aguardar um comunicado da direção nacional para se pronunciar sobre as estratégias que serão tomadas pelo PSL no estado.

Carvalho só espera que a entrada de Bolsonaro possa somar e não dividir o partido, que se encontra em franca ascensão política no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário